Busca

Taxonomia Principal


Clique em uma das categorias acima para consultar Respostas para Perguntas Frequentes.
 
Respostas para Perguntas Frequentes
Retornar | Favoritos | Adicionar ao Favoritos | Remover do Favoritos
Resposta para Pergunta Frequente (FAQ) no.: 1541   Número de Consultas: 1771
Criado em:
14/12/2005 17:43:29
Autor Original:
Anônimo
Última Modificação:
24/05/2017 05:03:27
Autor Últ. Modificação:
Paulo César Alvim Ottoni

Há compatibilidade entre o Oracle Enterprise Suite e as aplicações produzidas pelo jCompany nesse ambiente?


Pode-se considerar os seguintes aspectos:

- Autenticação e autorização pelo Portal da Oracle (single sign-on)

O Portal da Oracle, como não irá rodar sobre um App Server Open-Source (como Tomcat ou JBoss, por exemplo), exigirá uma solução de single singon específica (não conhecemos nenhuma adequada em Open-Source, mas existem várias comerciais) que integre logins com App Server heterogêneos (e até com login de rede).Isso não é uma característica do jCompany. Como as aplicações estão em outro App Server, irão requerer esta solução. Utilizar um mesmo App Server facilitaria a solução de single-sigon. Pode-se usar recursos do próprio Tomcat para isso; que facilita também a administração, etc. Por isso não recomendamos o uso de portais proprietários também, mas portais abertos como o caso do nosso eCompany. Mas sendo uma decisão já tomada ou se o Oracle Portal já é um produto existente, então de qualquer modo vale a empresa procurar com a própria Oracle (ou com a Novell, por exemplo, que possui esta solução) por produtos de single-sigon.


- Integração das aplicações com o Portal

Na verdade, o produto de portal é que deve oferecer recursos de integração. As aplicações jCompany são J2EE Full-Complient, rigorosamente desenvolvidas com Design Patterns, OO, inclusive com Gestão de Layout e ¿ultimate-flexibility¿. Resta saber que portlets o Oracle Portal oferece para se rodar aplicações externas em J2EE.

- Adoção do OAS como servidor de aplicações

Como o jCompany é J2EE Full-Complient, ele rodará sem problemas no OAS (note que o Tomcat é a base de referência da Sun para seus testes de padrão. Então, se uma aplicação roda no Tomcat, outros App Server tem a obrigação de rodá-la também, e não o contrário. Como não usamos EJB por default (este é um grande ¿vilão¿ da produtividade, performance e portabilidade) não haverá problema. Neste caso, o problema do single sigon estaria resolvido. (Apesar que a infra-estrutura irá encarecer)

- BD Oracle 10g.

Não há problemas - já temos inclusive diversos sistemas em produção utilizando este SGBD.

Dica: Após editar um FAQ que julgue importante, clique em "Adicionar ao Favoritos".
Deste modo, nas próximas visitas, basta clicar em "Favoritos" para ver seus FAQs selecionados!
 

     
Powerlogic S.A. | R. Paraíba, 330. 19º andar. Funcionários. Belo Horizonte - MG
Cep: 30130-917 | 55 (31) 3555-0050 | plc@powerlogic.com.br

Este portal é inteiramente desenvolvido com o produto eCompany e liberado em tecnologias Open-Source J2EE, incorporando frameworks do projeto Jakarta e do portal SourceForge.